BRIGANDO CONTRA O RANKING NO VÔLEI

Na última segunda-feira(10-04-17) , a Confederação Brasileira de Vôlei recebeu notificação de que a liminar pedida pelas atletas sobre o caso foi indeferida. É que no mês de março, algumas atletas pediram revisão nessa forma de pontuação que acaba obrigando muitas atletas brasileiras terem que ir jogar fora do país.
Esse sistema do ranking acontece desde da edição 1992/1993 e que encabeça esse protesto as atletas renomadas as centrais Thaisa e Fabiana, a oposto Sheilla, a levantadora Dani Lins, e as ponteiras Jaqueline, Natália, Gabi e Fernanda Garay.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  +  41  =  50