POLÊMICA

As atletas Joanna Maranhão, Camila Pedrosa e o nadador Rodrigo Modena conseguiram na Justiça evitar que a CBDA escolhesse os colegas Thiago Pereira, Ana Marcela Cunha, Hugo Parisi e outros dois nomes para a Comissão de Atletas da entidade.

No pedido feito, o grupo afirmava que Coaracy Nunes, presidente da confederação há 29 anos, usa de práticas “antidemocráticas e ilegais” para continuar no poder. A ação pedia que fossem realizadas eleições para a escolha dos nomes da comissão, que terá direito a voto na escolha do presidente da CBDA, marcada para daqui 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5  +  3  =